terça-feira, 30 de agosto de 2011

M361 – RANGER Eduardo Lopes do 1º Curso de 1969 – Uma coluna motorizada (3)


Organizando mais uma coluna motorizada (3)

Nesta mensagem continuamos a publicar fotos memoriais do álbum fotográfico pessoal do RANGER Eduardo José dos Reis Lopes, dando assim continuidade às mensagens anteriores – M359 e M360 -, onde apresentamos mais este eficaz operacional preparado no quartel de Penude, forjado na Serra das Meadas e temperado no Rio Balsemão. 

Na mensagem M359 fizemos uma breve apresentação pessoal e na M360, através de um breve e objectivo texto que nos foi enviado pelo RANGER Eduardo Lopes, narramos o historial da sua carreira militar, que ele julgava ter terminado em 1971, e que foi muito recentemente (14 de Agosto de 2011) valorizada, com a imposição da Cruz de Guerra 4ª Classe, pelo Sr. Ministro da Defesa Nacional, no Dia da Infantaria e da E.P.I. (Escola Prática de Infantaria). 

As fotos demonstram os preparativos para organizar um coluna motorizada, tentando não esquecer nada importante e relembrando ao pessoal envolvido os habituais cuidados e atenções. 

Uma das constantes chamadas de atenção, era para a constante observação do mato. Qualquer movimento suspeito ou estranho que pudesse ser detectado, denunciando a presença do inimigo. 

As picadas em terra batida eram as mais propícias à montagem das traiçoeiras e destruidoras minas. 

O processo de detecção, geralmente por picagem da terra com picas de madeira (algumas com pregos nas pontas), era bastante fiável e seguro (dependendo da argúcia e experiência dos picadores), mas muito moroso, tornando muito lento a progressão das colunas no terreno.


Monumento aos Mortos em Combate da Unidade

A nossa estância de férias em Balacende

Preparando as equipas a distribuir pelas viaturas. Na primeira viatura, regra geral uma Berliet Tramagal cheia de sacos de areia, a que chamávamos "rebenta minas", além do desgraçado motorista, que daí não podia fugir, poucos mais gostavam de viajar por motivos óbvios.

Já está tudo em cima?

Aqui vamos nós! Seja o que Deus quiser!

Fotografias: © Eduardo Lopes (2011). Direitos reservados.

Sem comentários: