sábado, 22 de maio de 2010

M215 - Celestino Oliveira - Um "RAÇÃO ESPECIAL" do 3º Curso de 1987

Celestino Oliveira
Um "RAÇÃO ESPECIAL" do 3º Curso de 1987

Um ano antes do Celestino Oliveira entrar no quartel de Penude, a fim de legitimamente se candidatar a um emblema RANGER, para o qual sabia possuir os ingredientes necessários - Vontade e Valor -, em 1987, falecera, num lamentável acidente, um instruendo numa das provas rotineiras no CIOE, mais precisamente na execução de um rapel a partir da ponte do Rio Varosa, até ao seu habitualmente ressequido leito.
Dada a desenfreada e açaimada pressão que alguns dos elementos de índole e caracter políticos mais que suspeitos, que integram ainda hoje muitos dos nossos media em Portugal e que, estupidamente, aproveitam estes infelizes e terríveis incidentes, para distorcerem e atacarem assanhadamente as rotinas de instrução castrenses, foi decidido superiormente, pelo Exército Português, interromper durante um período de tempo (na altura indeterminado), até se ter completado o inerente relatório do incidente.
Assim o Celestino, tendo cumprido toda a instrução que lhe foi incutida, chegou ao fim do curso e não lhe foi entregue, como a ninguém do seu curso, o ambicionado emblema da especialidade.

Bem o Celestino encheu umas centenas (ou milhares?) de braços, nos arrabaldes de Lamego...

Ficou-lhe o que ainda hoje mantém e continuará a manter sempre, segundo as suas palavras, o Valor e a Vontade, aliados ao espírito RANGER de camaradagem e amizade com aqueles, que passaram um dia por Penude e com aqueles que hoje vão completando os seus cursos, através da instituição que isso lhe permite, bem como a todos os outros que suaram e sofreram na parada do dito quartel, que é a A.O.E. (Associação de Operações Especiais).

Fotos: © Celestino Oliveira (2010). Direitos reservados.

P.S. - "RAÇÃO ESPECIAL" foi a melhor designação que o Furriel Miliciano José Félix idealizou, para definir a especialidade dos cursos (3 ou 4 de 1987), que tendo cumprido a instrução no C.I.O.E. não receberam a insígnia de RANGER.

3 comentários:

João Paulo Pacheco disse...

Com que então chama-lhes "Rações especiais?"
Fiz o 1ºturno de COM/CSM 87 em Penude com o Félix, foram tempos bem passados, com o ar da serra a ajudar os nossos instrutores: o então capitão Campos Serafino, o então tenente Teixeira (Tex para os amigos), o Asp. Pinto Moraes (que saudades tenho dele. tipo duro e às direitas) o cozinheiro de Lalim, e todo o grupo daquele 1º turno. Depois o comando da COE, na Cruz Alta, quando o ten.Veloso foi fazer o CPC. Gostei muito. Nunca perdi tempo no meu serviço militar obrigatório. Bem hajam por isso.

João Paulo GUIMARÃES Pacheco

Filipe Morim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Filipe Morim disse...

Também lá andei, Setembro de 87. Furriel Félix e o Aspirante Coelho foram os meus instrutores. Apesar de alguns dias menos bons, ainda tenho saudades e orgulho em lá ter andado