segunda-feira, 23 de julho de 2012

M517 - O PATRIOTISMO faz parte da educação de base de todo ser humano

O PATRIOTISMO faz parte da educação de base, ou seja na formação pessoal desde a infância, desde criança, de todo o ser humano, em todos os países que se prezem de o ser.

Em Portugal é difícil, para não dizer impossível, a muitos pais saberem transmitir aos filhos aquilo de que pouco ou nada sabem, muitas vezes não por culpa própria, mas porque também nunca foram educados nesse sentido. 

O Patriotismo é simples: amar seus pais e o seu país, a Terra, a sua História, os Símbolos (bandeira e Hina nacional) e todos aqueles que estão prontos, quando e se necessário, a morreram em sua defesa.   

video

Não há meios patriotas! Ou se é de todo!... Ou não se é!

1
Definir Patriotismo... por palavras 

É obra para poetas e letrados
Porque tal façanha exige
Possuir especiais predicados

2
Mais qu’um excelente poder descritivo
E uma capacidade d’análise excepcional
É preciso sentir a Pátria... amá-la
P’ra transmiti-lo de forma lúcida e leal

3
Mas eu sem ser poeta... vou ensaiar
Escrever sobre este belo tema
Por um lado... não resisto à tentação
E por outro... o risco é o meu lema

4
Por isso... pedindo perdão p’la ousadia
E no modo que me é habitual
Vou então passar para o papel
Como vejo e sinto o meu Portugal

5
E de jeito inequívoco o digo já...
Qu'apesar de não ser de grandes rancores
Pertenço àquela raça patriótica...
Que mandava fuzilar todos os traidores

6
Mas isso pertence a outra conversa
Que nesta se fala da mais alta linhagem
De Homens que dignam os seus antepassados
E continuam o país... com a sua coragem

7
Um Patriota é pois... um atento vigilante
Na preservação da integridade da terra
Aos sinais hostis à independência nacional
E contr’agressões está pronto p'rà guerra

8
Corre-lhe Portugal no sangue e na alma
Conhece e orgulha-se da sua História
Honra-se com a concepção da Bandeira
E traz a mensagem do Hino na memória

9
Adopta Deus como seu guia espiritual
Seja qual for a sua religião
E d'Ele lhe advém força universal
Qu'alimenta a chama desta paixão

10
É algo que lh’está arreigado na raíz do ser
Há até quem o designe por amor
Não se vê nem se apalpa... sente-se
É apolítico... aclubista... incolor

11
Está além das palavras... no sentimento...
Na preservação... e na continuidade
Dos imensos e gloriosos Feitos
Do nosso Povo e da sua identidade

12
De tal modo que por vezes... fanatiza
Mormente quando se constata grande traição
E s’está coagido de fazer justiça
Qu’a democracia também tem este senão

13
E s'algum dia o fulgor esmorece
Saturado d'observar tanta corrupção...
Na política... nos negócios... no desporto...
Empenha-se no seu combate... p’la Nação

14
Se vale a pena perder tempo a explicar
O que é... e o que sentem os Patriotas
Que se destine tal a jovens e mal informados
Nunca a traidores ou quaisquer outros idiotas

15
Dizer da sensação e orgulho interior
D’envergar uma farda de Portugal
E em nome da Pátria empunhar uma G3
É muito difícil numa narração informal

16
Quando ainda por cima disto tudo
No peito se firma um emblema RANGER
Tal compromisso agiganta... assoberba...
Envaidece... diga-se o que se disser!

17
Que dizer dos tempos qu’agora decorrem
Do progressivo degenerar da sociedade
De vermos valores asquerosos elevarem-se
Em resultado de tanta permissividade

18
Sobretudo após a revolução de Abril
Com o regresso dos fugitivos e despeitados
Vemos... “democraticamente” vexar a Pátria
E trair sob várias formas de atentados

19
Por aí... camuflados nos partidos políticos
Estão os cobardes que fugiram à guerra
Os golpistas à procura de bons “tachos”
E oportunistas que maldizem a nossa Terra


20
Com reflexos directos nos nossos jovens
Privados do real conhecimento do passado
A quem ocultaram a nossa História
Por motivos “revolucionários”... outro atentado!

21
Sendo um país pequeno em dimensões
E desprovido de recursos naturais
Exploremos outras mais valias
Que assentem nas artes tradicionais

22
Não há desculpa nem justificação
Seja por motivo de facto ou emocional
P´ra trair a Pátria... ou maldizê-la
Qu’acima de TUDO... e de TODOS... está Portugal

23
Um Homem que se preze de o ser
Tem qu'à sua Pátria render devoção
Ou não passa dum inútil sem princípios
Mesmo que não chafurde nas fossas da traição

24
É o sentimento mais nobre do ser humano
Tão exigente que em causas derradeiras
Lhe pode... inclusivé... custar a vida
S’em sua defesa houver que cerrar fileiras

25
É nesta grandeza que se medem os Homens
Noutras qualidades somos mais ou menos iguais
Mas aqui é preciso convicção inabalável...
E fidelidade de cão... absolutamente integrais

26
S'algum dia tocar a defender a Pátria
Haja uma arma afinada p'ra mim
P'ra que possa morrer... matando...
Aqueles qu'à Pátria quizerem pôr fim

1 comentário:

PILAO2511966 disse...

Grande Pira
Em forma, sempre

....Não sou de guardar rancores
Mas sou daquela raça de Portugueses
Que manda fuzilar os traidores.....

Palavras eternas

CCoutinho